ca 13211, mascara descartavel, mascara pff2, mascara n95, mascara respiratoria descartavel, mascara descartavel, descarpack, mascara pff2 s, enfermagem, respirador hospitalar, mascara hospitalar, n95, pff2 n95, ksn, 3m, respirador, area hospitalar, ca 8357
KSN
Model: Semi-Descartável PFF2 N95
Product ID: 859
Product SKU: 859
New In stock
Máscara Semi-Descartável Hospitalar PFF2 N95 Branca - KSN

Máscara Semi-Descartável Hospitalar PFF2 N95 Branca - KSN

Marca: KSNModelo:Semi-Descartável PFF2 N95 Referência: 8234

De R$ 8,90
Por:
R$ 4,90
Economize  R$ 4,00

R$ 4,66 à vista com desconto Depósito Bancário

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

CA: 8357

Máscara Hospitalar Código 10.02 MH - PFF2 S

COMPOSIÇÃO:

Confeccionado em quatro camadas, sendo: camada externa em fibra sintética de polipropileno; camada do meio em fibra sintética estrutural; camada filtrante em fibra sintética com tratamento eletrostático e camada interna em fibra sintética de contato facial. Com tirantes em elástico para a cabeça para sustentação da peça facial e tira metálica para ajuste sobre o septo nasal. Materiais atóxicos e hipoalergênicos. Cor: Branca. 

DESEMPENHO:

Este respirador enquadra-se na categoria D.1 b) peça semifacial filtrante (PFF2) para proteção das vias respiratórias contra poeiras, névoas e fumos.

Respirador conforme norma NBR 13698 para Peça Semifacial Filtrante:

Penetração máxima através do filtro (1) 6%

Resistência máxima a inalação (2) 240 Pa

Resistência máxima a exalação (2) 300 Pa

O respirador é considerado aprovado e recebe o Certificado INMETRO e Certificado de Aprovação (C.A). (2) Ensaios são realizados em laboratório, em equipamento utilizando aerossol de cloreto de sódio (NaCl) com diâmetro entre 0,3 e 0,6 mícron e vazão de ar igual a 95 litros/min. (3) Ensaio realizado em laboratório, em equipamentos com fluxo contínuo de ar de 30, 95 e 160 litros/min.

APROVAÇÃO ANVISA 80425989001 - Classificação de risco: I. Certificação INMETRO sob nº BRP31438003 em conformidade com os requisitos estabelecidos pela Portaria nº 561, de 23 de Dezembro de 2014.

INDICAÇÕES DE USO:

• Indicado para proteção das vias respiratórias dos trabalhadores da área da saúde contra a exposição de agentes biológicos causadores de tuberculose, rubéola, SRAG/SARS, varicela, sarampo, gripes H1N1 e H5N1 etc. e certos aerodispersóides em faixa de tamanho de partículas de 0,1 a 10 micra (diâmetro aerodinâmico médio) ou maiores, incluindo as geradas por eletrocautério, cirurgia a laser, entre outros instrumentos médicos elétricos;

• Proteção das vias respiratórias em procedimentos com risco de projeções de sangue entre outros fluídos corpóreos potencialmente contagiosos. Neste caso é recomendado o uso dos demais equipamentos de segurança;

• Este respirador oferece EFB - Eficiência de Filtração Bacteriológica > 99% e resistência a penetração de sangue e outros fluídos corpóreos;

• Somente para uso contra aerossóis sólidos e líquidos a base de água, além de poeiras, névoas e fumos, nas áreas de manutenção. Deve ser utilizado mediante o conhecimento e aprovação das áreas de Higiene, Segurança e Medicina do Trabalho ou responsável pela empresa. 

VIDA ÚTIL

➢ Descarte o respirador após no máximo o uso por um turno de trabalho, se aplicável (conforme NBR 13698);

➢ Substitua-o quando estiver rasgado, saturado ou com elástico solto ou rompido. A saturação varia em função da concentração dos contaminantes, frequência respiratória do usuário, temperatura e umidade relativa do ambiente que devem ser avaliados pelo responsável sobre a determinação do uso de EPI;

➢ Produto sem manutenção, de uso pessoal e intransferível;

➢ VALIDADE: 03 anos após a data de fabricação.

Descrição Geral: Desenvolvido como um Equipamento de Proteção Individual que cobre a boca e o nariz do usuário, indicado para trabalhadores da área da saúde,  proporcionando uma vedação adequada sobre a face. Classificada como PFF2 (S) N95, com certificado Anvisa e CA, possui filtro para a retenção de contaminantes presentes na atmosfera sob a forma de aerossóis. Destinada, também, para a proteção contra a inalação de agentes biológicos, tuberculose, rubéola, gripes (H1N1, H5N1), sarampo, varicela, herpes-zoster, ambientes de cirurgia a laser e eletrocautério, procedimentos com risco de projeções de sangue, entre outros fluídos corpóreos potencialmente contagiosos e de outros materiais particulados, como poeiras, névoas e fumos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características