Calçado de segurança de uso profissional tipo botina, confeccionado em vaqueta hidrofugada, fechamento em elástico, biqueira de composite e solado Bi Componente (PU + Borracha). Indicado especialmente para ambientes com riscos elétricos. CA 45267 45267
Ecosafety
Model: PS127
Product ID: 2873
Product SKU: 2873
New In stock
Botina em Vaqueta com Bico de Composite - Ecosafety

Botina em Vaqueta com Bico de Composite - Ecosafety

Marca: EcosafetyModelo:PS127

Por:
R$ 84,90

R$ 82,35 à vista com desconto Depósito Bancário
ou 2x de R$ 42,45 Sem juros
 

 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Botina em Vaqueta com Bico de Composite - Ecosafety

CA: 45267

Descrição:

Calçado de segurança de uso profissional tipo botina, confeccionado em vaqueta hidrofugada, fechamento em elástico, forro da gáspea em não tecido, forro lateral em tecido, palmilha de montagem em material sintético montada pelo sistema strobel, biqueira de composite, solado de poliuretano antiderrapante injetado direto no cabedal. A biqueira de composite não é condutiva, sendo indicada, especialmente, para o trabalho com energia elétrica. Outras indicações são para profissionais que trabalham com transporte, carga e descarga de material e construção civil.

Especificações Técnicas:

  • Cabedal: Confeccionado em vaqueta hidrofugada, isento de material sintético, produzida 100% em couro vaqueta.  
  • Forração: Forração da gáspea em não tecido transpirável, contraforte em material sintético e forro suador em não tecido respirável.
  • Solado: Solado Bi componente (PU + Borracha), sistema Absorber Shock (Absorvedor de Impacto)
  • Palmilha: Palmilha de montagem sintética, não tecido, costurada pelo sistema strobel e sobrepalmilha de conforto em EVA, removível, dublada em tecido para absorção do suor. Reduz o impacto proporcionando conforto aos pés e um caminhar uniforme e suave.
  • Biqueira em Composite: A biqueira de composite é confeccionada a partir da combinação de fibra de carbono, vidro e poliéster. Oferece a mesma proteção contra impactos que a biqueira de aço. Resistência a impactos no nível de energia de, no mínimo, 200 J e de resistência à compressão do bico de, no mínimo, 15 kN

Benefícios:

  • Confeccionado em vaqueta; material mais resistente.
  • Fechamento em elástico; melhor ajuste para o usuário.
  • Biqueira em Composite; esta biqueira é mais leve se comparada ao aço. Além disso, não é corrosiva e, em casos de impactos de alto nível, não produz o “efeito guilhotina”, pois o composite se esfarela antes de danificar o pé do trabalhador.
  • Solado Bidensidade; alta durabilidade e mais conforto para os pés.
  • Sistema Shock Absorber; absorvedor de impactos para melhor mobilidade ao caminhar.
  • Conforto; material leve, resistente e macio.
  • Acompanha sobrepalmilha em EVA; removível, dublada em tecido para absorção do suor.

Aplicações:

  • Ideal para trabalho com energia elétrica e ambientes de riscos elétricos e também para:
  • Construção Civil
  • Transporte
  • Carga e Descarga de Materiais
  • Serviços gerais
  • Indústrias em geral
  • Etc.                                                                                                                               ​

Instruções de uso:

  • Segurança: Para ter a segurança necessária, utilize o calçado correto para finalidade a que se destina. Use a numeração correta, pois assim evitará possíveis incidentes. Deve ser levado em consideração para a seleção do melhor modelo os perigos e riscos envolvidos na atividade.
  • Limpeza e Higienização: Limpe apenas externamente, com pano ligeiramente úmido, utilizando apenas água e detergente neutro. Dentro do calçado, utilize um pano ligeiramente úmido com álcool para higienizar. As palmilhas podem ser lavadas naturalmente com água e sabão.
  • Secagem: O calçado deve ser guardado em um local arejado, longe do calor e da umidade. Nunca exponha o calçado ao calor intenso, aquecedores, estufas, fogões e ao sol. As condições ideais de armazenamento são a 27°C e 63% de umidade. Fazendo isso, você evita a ocorrência de hidrólise, processo em que o calor e a umidade formam moléculas de água que reagem com os produtos químicos do solado de poliuretano, causando sua decomposição.

Durabilidade:

Indeterminada. A durabilidade do produto depende da atividade laboral a ser executada e de outros fatores, como periodicidade e tempo de uso, material a ser manipulado e dos cuidados do usuário, ou seja, a durabilidade do produto só poderá ser determinada após avaliação no posto de trabalho.

DICA: Adote o revezamento e alterne o uso dos sapatos (deixe um par totalmente aberto por pelo menos 24 horas). Assim o calçado respira e permite que a transpiração acumulada durante o uso possa ser liberada para o exterior, mantendo-os higienizados e confortáveis, evitando o surgimento de bactérias, fungos e mau cheiro. Caso não seja possível possuir dois pares, uma opção é usar duas palmilhas alternadas.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.